Scroll Top

Blog Sua vida

Planejador Financeiro Pessoal: porque você precisa de um

Reportagem do jornal Valor Econômico (aqui, para assinantes) mostra as conclusões de três pesquisadores (um deles brasileiro), sobre a eficácia da Educação Financeira sobre os hábitos das pessoas. Trata-se de um artigo que coleta as conclusões de 168 trabalhos sobre o tema, fazendo uma espécie de média entre os resultados, e chegando à conclusão de que praticamente não há correlação entre os esforços de Educação Financeira e mudança efetiva de hábitos.

Para não ser totalmente negativo, existem algumas exceções. Por exemplo, uma hora de educação financeira logo antes de uma tomada de decisão é tão eficiente quanto 12 horas de educação financeira a 10 meses da decisão a ser tomada. Ou seja, se você tomar uma “carga” de educação financeira logo antes de tomar uma decisão, a chance de sucesso aumenta bastante.

Isso parece bastante desanimador para sites como este, que pretendem disseminar a educação financeira para todos. Minha experiência, nesses mais de 5 anos neste blog, é de que as pessoas precisam de informações “tailor made”, feitas para o seu caso específico. Respondo a uma média de duas perguntas por dia (na área de comentários e no formulário de contato) sobre os mais diversos assuntos abordados no blog. Na grande maioria dos casos, não me arrisco a responder, simplesmente por não conhecer a situação particular de quem pergunta. Os meus artigos são genéricos, conceituais, para iniciar os leitores em algumas noções básicas sobre finanças pessoais. Mas reconheço que a aplicação prática requer algo mais.

E este “algo mais” vai muito além dos detalhes sobre situação tributária do investidor, taxas, preços, rentabilidades e todos os outros inúmeros quesitos envolvidos quando tratamos de investimentos. Pois investir por investir não faz o mínimo sentido, se descolado da vida do investidor.

A pergunta que o investidor deve fazer a si mesmo é: “Sou um investidor, ou simplesmente faço investimentos?”.

– Mas, Marcelo, a definição de investidor não é justamente “aquele que faz investimentos”???

Sim, com certeza. Mas esta pergunta é provocativa, justamente com este objetivo: distinguir aquele que faz os investimentos dos investimentos em si. A imensa maioria daqueles que colocam perguntas aqui no blog querem saber dos investimentos em si. Mas para responder a estas perguntas, preciso conhecer o investidor. E, muitas vezes, nem o investidor conhece-se a si mesmo!

É neste ponto que entre a figura do Planejador Financeiro Pessoal. E não estou falando aqui do profissional ligado a bancos, corretoras e family offices, que procuram encaixar o perfil do investidor nos produtos financeiros que têm em suas prateleiras. Refiro-me àquele profissional que é remunerado diretamente pela pessoa que contrata os seus serviços. Trata-se de um profissional fortemente reconhecido nos EUA e Europa, mas ainda muito raro no Brasil.

O Planejador Financeiro Pessoal foca no investidor, não nos investimentos. Inclusive, desta maneira, pode transformar devedores em investidores! Ao trocar o foco, a vida do investidor passa a ter prioridade sobre os investimentos, que devem se subordinar aos sonhos e objetivos do investidor. Assim, troca-se o “quero 110% do CDI” por “quero viajar no ano que vem para a Austrália” ou “quero fazer uma poupança para pagar a universidade do meu filho”. Os investimentos passam a ter uma intenção, o que faz toda a diferença.

Além disso, ao colocar luz sobre o investidor, o Planejador Financeiro Pessoal ajudará a descobrir as suas reais necessidades, que podem estar muito além do investimento em si. De repente (e isso acontece!), o investidor se dá conta de que está economizando demais e vivendo de menos! E consegue gastar mais sem culpa, pois tem o respaldo de um profissional para isso.

Por fim, investir com intencionalidade significa investir sempre. O investidor deixa de ser refém do último boato, da última crise, da dica do momento. Faz os seus investimentos com paz de espírito, pois sabe onde quer chegar!

O trabalho do verdadeiro Planejador Financeiro Pessoal, no entanto, vai muito além dos investimentos. Trata-se de ajudar o cliente a desenvolver um Plano de Vida, respaldado em um Planejamento Financeiro. E, como todo planejamento, envolve um trabalho conjunto, em que Planejador e Cliente trabalham e interagem, em uma parceria que liberta o cliente do seu passado, preparando-o para um futuro em que a preocupação com o dinheiro cede espaço para a ocupação com os seus objetivos de vida. O dinheiro passa a trabalhar para a sua vida, e não o inverso.

Para que este objetivo maior seja atingido, é preciso “descer à Terra”, e cuidar dos pequenos hábitos que, repetidos com perseverança, trarão frutos no longo prazo. O desenvolvimento desses hábitos financeiros saudáveis é também um objetivo importante do trabalho do Planejador Financeiro Pessoal, que muito dificilmente pode ser substituído por leituras ou cursos. Quando queremos melhorar nossa forma física, podemos tentar fazer exercícios sozinhos, ou podemos contratar um Personal Trainer. Além de orientar os exercícios de maneira a evitar contusões, o Personal Trainer ajuda também na perseverança no hábito. O Planejador Financeiro Pessoal tem também este papel.

Depois de 5 anos de blog, cheguei à conclusão de que, para realmente ajudar as pessoas, deveria converter-me em um verdadeiro Planejador Financeiro Pessoal. Para isso, depois de extensa pesquisa, resolvi juntar-me à Life Finanças Pessoais, uma empresa que comunga exatamente das ideias expostas acima e que, de alguma maneira, estão espalhadas em vários artigos no blog.

Se você se identifica com essas ideias, entre em contato conosco, através do e-mail: marcelo.guterman@lifefp.com.br. Terei imensa satisfação em explicar melhor o trabalho do Planejador Life, e como podemos ajudá-lo a alcançar Qualidade de Vida através do Planejamento Financeiro Pessoal.

E, claro, o blog continua! Afinal, também adoro escrever!

Crédito do Thumbnail: Free Digital Photos
Gostou? Compartilhe aqui!
Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedintumblrmailFacebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedintumblrmail

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.