Scroll Top

Blog Seus investimentos

Feliz Ano Novo: o que fazer?

O começo do ano é sempre tempo de balanço e de perspectivas. As pessoas tentam desesperadamente perscrutar o futuro, em busca de sinais que as façam tomar decisões corretas. No caso de investimentos, as perguntas de sempre: quanto vai render a bolsa? E o dólar? Imóveis são uma boa? Obviamente, se eu soubesse, estaria escrevendo este blog da minha casa de praia nas Ilhas Maldivas…

ID-100152232

Minha casa de praia nas Ilhas Maldivas, caso eu soubesse prever o futuro. (crédito: Free Digital Photos)

Infelizmente, não tenho o dom da profecia. E se você acha que alguém tem, então pode começar a tirar o seu cavalinho da chuva. Não existe. E, se existisse, não estaria vendendo suas previsões em troca de salário. Parece óbvio, não?

Mas mesmo assim continuamos ouvindo o que os consultores de economia têm a dizer. E acreditamos neles, por absoluta falta de alternativa. Vou contar um segredo bombástico, que pode ser chocante para você: os consultores não adivinham o futuro. Eles simplesmente repetem o cenário presente, colocam um pouco de desvio para cá, uma pitada de crise para lá, e dão a isso o nome de futuro. Vejamos um exemplo prático.

Existe um relatório semanal do Banco Central chamado Focus (link aqui). Lá estão as previsões dos analistas para variáveis que vão das taxas de juros até a balança comercial. Só não tem a bolsa. Vejamos o que os analistas diziam no início de 2009 (relatório de 02/01/09) para o ano, e como se compara com o mercado daquele momento e o que realmente aconteceu em 2009:

Veja que fiasco! E não tem nem a desculpa de uma crise imprevisível. A crise já estava instalada há três meses quando essas previsões foram feitas. Note que as previsões aproximam-se muito mais da situação corrente do que a que realmente aconteceu. CQD.

Como eu disse, a bolsa não consta desse relatório. Mas pesquisando um pouco reportagens do final de 2008 (essa aqui por exemplo) você verá que não é muito diferente. No caso, as previsões para o Ibovespa ficaram entre 30% e 40%, muito distante dos quase 80% deste ano. Há um corajoso que previu 90.000 para o final do ano (140% de alta), e até justificou a previsão da maneira correta. Esse acertou. Sempre alguém vai acertar. No relatório FOCUS do Banco Central, os números são médias. Alguns analistas acertam, outros erram de longe. O que não melhora em nada a sua situação: se você não quiser acreditar na média das previsões, terá que escolher o cavalo, ou melhor o analista, vencedor. E isso é tão lotérico quanto tentar adivinhar onde estará o dólar.

– Bem, Guterman, então o que fazer com o meu rico e suado dinheirinho? Bolsa? Dólar? Colchão?

A resposta não está nas análises das mães Dinah do mercado. Está na análise das suas próprias necessidades e aspirações. O que fazer com o dinheiro depende de você, e não do mercado. Mas isto fica para um próximo post.

Crédito do thumbnail: FreeDigitalPhotos
Gostou? Compartilhe aqui!
Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedintumblrmailFacebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedintumblrmail

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.